Type to search

O plano de marketing da Visa para a Copa do Mundo de 2026

Tecnologia

O plano de marketing da Visa para a Copa do Mundo de 2026

Suzana Borocheviske

Mesmo tendo ligações com outros esportes como a NFL e a F1, o foco da Visa para a Copa do Mundo de 2026 é diferenciado.

Ainda faltam dois anos para o evento, mas o plano de marketing da Visa para a Copa do Mundo de 2026 já está começando a ser traçado. Afinal de contas, a empresa precisa manter os torcedores aquecidos durante este período, não é mesmo?

Por esta razão, a Visa, que é a patrocinadora da NFL desde 1995, utilizou a final do campeonato, o Super Bowl, que aconteceu no dia 11 de fevereiro, para trazer ativações diferentes. Porém, vale lembrar que os estádios onde acontecem a competição serão transformados em instalações para receber a Copa do Mundo de 2026, que será realizada no Canadá, México e Estados Unidos.

Além disso, a Visa aproveitou o Super Bowl 58 para contar aos clientes a sua parceria com as equipes de Fórmula 1 da Red Bull: a Oracle Red Bull Racing e a Visa Cash App RB (que antes era a Scuderia AlphaTauri).

Mas o plano de marketing da Visa para a Copa do Mundo de 2026 será diferente e, em janeiro de 2024, anunciou uma ampliação da sua parceria com a FIFA. Inclusive, continuará sendo a “tecnologia de pagamento em eventos da FIFA, ao mesmo tempo que oferece aos titulares de cartões pré-vendas e outras promoções durante os torneios da FIFA”, de acordo com informações do AdWeek.

Visa para a Copa do Mundo de 2026 quer ir além da experiência do comércio
A Visa para a Copa do Mundo de 2026 pretende trazer diversas experiências para os torcedores quando o assunto é o pagamento de um serviço ou até mesmo a entrada em uma partida da competição.

“Sabemos que [a Copa do Mundo] tem muito tempo pela frente, mas vamos continuar nos adaptando e estaremos prontos para onde o torcedor quiser chegar. [Há] uma experiência totalmente digital que o torcedor espera nessa época, juntamente com a experiência ao vivo que a FIFA vai levar aos estádios. Mas, assim como fizemos com o [pagamento] sem contato, permitimos que todos os estádios realmente identificassem áreas de oportunidade para as quais estamos avançando”, comentou Andrea Fairchild, vice-presidente sênior de patrocínios e marketing globais da Visa, ao AdWeek.

Fairchild ainda contou que a empresa já está trabalhando com “Miami, Nova York e outras cidades-sede para permitir [pagamento] sem contato para viagens tranquilas para estádios e grandes eventos”.

De acordo com a publicação, a empresa descobriu na Copa do Catar de 2022, 70% das transações realizadas no país aconteceram com cartão Visa, sendo 88% sem contato com o cartão. Por esta razão, a Visa para a Copa do Mundo de 2026 quer proporcionar experiências que vai além do comércio.

“Queremos ter certeza de que estamos apresentando aos fãs essas novas tecnologias e o futuro dos pagamentos. Sabemos que isso beneficia o consumidor, mas também pretende fazer com que os fãs entendam a Visa de uma maneira diferente”, falou Andrea Fairchild sobre o plano da Visa para a Copa do Mundo de 2026.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *