Type to search

Craque da Copa do Mundo de 2010 vence mais uma em torneio profissional de tênis

Política

Craque da Copa do Mundo de 2010 vence mais uma em torneio profissional de tênis

Suzana Borocheviske

Ex-atacante disputa primeiro torneio da modalidade fora do Uruguai

Eleito o melhor jogador da Copa do Mundo de 2010, Diego Forlán segue se dedicando ao tênis. Aposentado do futebol desde 2019, o uruguaio tem participado de campeonatos de veteranos da Federação Internacional de Tênis.

Após a vitória por 2 sets a 0 contra o peruano Jorge Hernandez, o atleta está na terceira rodada da MT1000 de Lima, competição na categoria 45+. Este foi o primeiro torneio do jogador de 45 anos de idade fora do Uruguai. No ano passado, ele participou de duas disputas, uma na categoria 35+ e outra 40+.

“Sei que é um torneio muito bom, muitos jogadores vêm de todas as partes para conquistar pontos, é uma cidade linda, onde se come muito bem, as pessoas são amáveis e agradáveis. Conversamos com alguns amigos no clube e decidimos participar do torneio de Lima. Viemos com uns 10, 12 uruguaios e estamos aproveitando”, disse Forlán.

Este é o segundo campeonato que uruguaio compete neste ano, os dois disputados na categoria 45+. No total, o ex-atacante tem oito vitórias e duas derrotas no circuito de veteranos.

Na primeira rodada, Forlán venceu o chileno Gonzalo Carreno por 2 a 0. O próximo adversário será Pablo Rojas-Holch, 102º colocado no ranking da categoria 45+ e também natural do Chile.

Relação com o tênis
“Meu pai jogou [tênis]. Jogou futebol, depois que se aposentou, aos 41 anos de idade, começou a jogar tênis, e nós começamos a jogar desde os dois anos de idade. Claro que depois joguei futebol e não pude mais jogar tênis com tanta frequência como é hoje em dia”, explicou.

Forlán se dedicou ao tênis quando jovem e chegou a declarar, em entrevista ao GE em 2012, que houve um momento em que teve dúvida entre seguir como tenista ou ser jogador de futebol.

No entanto, o pai, Pablo Forlán, ex-jogador da seleção do Uruguai e ídolo do São Paulo, foi o responsável por influenciá-lo a escolher o esporte com os pés.

“Meu pai falava muito e dizia: “Não, você tem que ser jogador de futebol”. Mas tive um momento de dúvida, não sabia se jogava tênis ou futebol”, afirmou.

Diego Forlán
Forlán é o número 873 do mundo no ranking 35+, está em 778º na classificação mundial 40+ e é o 438º entre os 45+. No entanto, caiu algumas posições em relação ao ano passado, quando terminou em 786º entre os 35+ e 685º no ranking a partir dos 40 anos de idade.

O ex-atacante é o terceiro maior artilheiro da seleção do Uruguai, com 36 gols. Foi campeão da Copa América em 2011 e, na Copa do Mundo de 2010, foi eleito o melhor jogador, artilheiro do torneio e teve o gol mais bonito da edição.

Pelo Manchester United-ING, conquistou uma Premier League, uma Copa da Inglaterra e uma Supercopa. No Atlético de Madrid-ESP, foi campeão da Liga Europa e da Supercopa da Uefa. Venceu também um Campeonato Uruguaio com o Peñarol-URU e um Campeonato Gaúcho com o Internacional. Teve também passagens pelo Villarreal-ESP e Kitchee-JAP.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *