•  Sapataria Lago Azul
    Sapataria Lago Azul

    Qualidade assegurada!

  •  Não as Drogas
    Não as Drogas
  • Velo Clube
    Velo Clube

    Arena do Velo Clube é show !!

  • Sindicato dos Rodoviários de Rio Claro
    Sindicato dos Rodoviários de Rio Claro

    Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Rio Claro

  • Drogaria M-23 Cervezão
    Drogaria M-23 Cervezão

    Drogaria M-23 no Cervezão!

  • Pizza Game
    Pizza Game

    Pizza Game a + Gostosa.....3533.9691 / 995727395

  • Pucci Sucos e Salgados
    Pucci Sucos e Salgados

    Pucci Sucos e Salgados Rio Claro!

  • Barbearia Alves
    Barbearia Alves

    Rua 8A n.2580  Yuri  987106501

  • Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão
    Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão

    Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão!

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    Fone 3523.2710

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    Essa eu indico !!

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    (19)3523.2710

  • JR Chaveiro e Acessórios Automotivos
    JR Chaveiro e Acessórios Automotivos

    JR Chaveiro e Acessórios Automotivos!

lagoAzulBanner
nk foto2pisos nice2

Última atualização em Sexta, 31 Maio 2013 19:40
Acessos: 792

henrique__libertadO Palmeiras do zagueiro Henrique perdeu por 2 a 0 para o Libertad no Paraguai, na Libertadores da América.

Informativo:

Na opinião do zagueiro Henrique, o grande responsável pelo fim da sequência invicta do Palmeiras na temporada que já durava sete partidas foi o árbitro venezuelano Juan Soto. Logo após o fim da partida contra o Libertad, nesta quinta-feira, que terminou com a vitória dos paraguaios por 2 a 0 em partida válida pela segunda rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores da América, o capitão do Verdão disparou contra a atuação do juiz.

Principal nome da defesa alviverde, o jogador criticou a postura do quarteto de arbitragem, especialmente no lance que originou o segundo gol nos donos da casa. Henrique foi obrigado a deixar o gramado para conter sangramento no nariz segundos antes de Benítez subir sozinho na área e definir o placar em 2 a 0 para o Libertad.

Facilmente dominado pelo Libertad na primeira etapa, o Verdão voltou para o segundo tempo mais ofensivo e mais nervoso. Ao todo, foram cinco cartões amarelos para os palmeirenses - um para Valdivia por reclamação quando ainda estava no banco de reservas. Segundo o capitão, não faltou experiência ao time nesta quinta-feira.

O técnico Gilson Kleina fez coro ao seu capitão e foi duro nas críticas ao árbitro venezuelano. E prometeu um novo comportamento do Palmeiras na próxima partida da Taça Libertadores da América caso o estilo de arbitragem na competição sul-americana seja o mesmo apresentado nesta quinta-feira no Paraguai.

De folga na rodada do fim de semana do torneio estadual - o jogo contra o Paulista de Jundiaí foi adiado para o dia 14 de março -, o Palmeiras volta a campo agora na próxima quarta-feira para enfrentar o Tigre, na Argentina, na Copa Libertadores da América. Foto e fonte: site da Globo

Visitas

Ver quantos acessos teve os artigos
1825639

banner tuboparts