•  Sapataria Lago Azul
    Sapataria Lago Azul

    Qualidade assegurada!

  •  Não as Drogas
    Não as Drogas
  • Velo Clube
    Velo Clube

    Arena do Velo Clube é show !!

  • Pizzaria Ipê aqui é 10 !!
    Pizzaria Ipê aqui é 10 !!
  • Sindicato dos Rodoviários de Rio Claro
    Sindicato dos Rodoviários de Rio Claro

    Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Rio Claro

  • Drogaria M-23 Cervezão
    Drogaria M-23 Cervezão

    Drogaria M-23 no Cervezão!

  • Pizza Game
    Pizza Game

    Pizza Game a + Gostosa.....3533.9691 / 995727395

  • Pucci Sucos e Salgados
    Pucci Sucos e Salgados

    Pucci Sucos e Salgados Rio Claro!

  • Barbearia Alves
    Barbearia Alves

    Rua 8A n.2580  Yuri  987106501

  • Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão
    Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão

    Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão!

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    Fone 3523.2710

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    Essa eu indico !!

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    (19)3523.2710

lagoAzulBanner
nk foto2pisos nice2

Última atualização em Quinta, 22 Outubro 2015 08:09
Acessos: 553

ala copa br 3O Palmeiras perde para o Fluminense por 2 a 1 no Maracanã no jogo de ida na Copa do Brasil. Verdão ainda tem esperança.

Informativo

Com um primeiro tempo brilhante de Fred - saiu contundido com uma lesão no joelho -, o Fluminense sai do Maracanã com uma leve vantagem diante do Palmeiras na semifinal da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira, o Tricolor derrotou o Verdão pelo placar de 2 a 1. Apesar do péssimo início, o Alviverde melhorou na segunda etapa e merecia uma melhor sorte. Teve um gol legal do volante Amaral anulado, que poderia mudar o andamento na partida.

O resultado faz com que o Fluminense jogue pelo empate no jogo de volta, marcado para a próxima quarta-feira, às 22h, na Arena Palestra. O Palmeiras, por sua vez, precisa apenas de uma vitória pelo placar mínimo para avançar à final, que terá como adversário o vencedor entre Santos e São Paulo. No primeiro confronto, o Peixe venceu por 3 a 1.

Fred foi o grande nome da partida. O ex-atacante da Seleção Brasileira só não fez chover na primeira etapa e deixou Victor Ramos totalmente perdido. O camisa 9 participou de ambos os gols do Tricolor. No primeiro, cabeceou para a grande defesa de Prass. Marcos Júnior completou. Depois enganou a marcação adversária e só abriu a perna para Gum marcar.

O Verdão voltou melhor para o segundo tempo. Marcelo Oliveira mexeu no time. Colocou Jackson e Egídio e tirou Victor Ramos e Andrei Girotto. O time buscou mais o gol e acabou diminuindo em cobrança de pênalti do veterano Zé Roberto, que acaba de renovar seu contrato com o Palmeiras.

Esta é a primeira vitória do Fluminense diante do Palmeiras na temporada. O Verdão, que ainda não havia perdido para o clube carioca, acabou caindo no Maracanã. Nas outras duas partidas entres os clubes, triunfo do Alviverde por 2 a 1 e 4 a 1, ambos pelo Brasileirão.

Para tentar reforçar a marcação sem abrir mão do ataque, o técnico Marcelo Oliveira resolveu escalar Zé Roberto na lateral-esquerda e Amaral e Andrei no meio. Na teoria, tinha tudo para dar certo. Na prática, o que se viu foi um time sem pegada na marcação e criação. Os defensores ficaram assistindo aos adversários com a bola no pé, enquanto os atacantes ficaram muito distantes do resto do time. Por isso, Barrios, Dudu e Gabriel Jesus praticamente não apareceram.

Com liberdade para atacar, o time carioca apostou nos toques de velocidade e boa movimentação para envolver os perdidos defensores palmeirenses e tomar conta do primeiro tempo. O Fluminense teve seus méritos, mas Marcelo Oliveira errou na escalação quando resolveu colocar o inseguro Victor Ramos para marcar o melhor jogador do adversário, Fred. Lá na frente, o menino Gabriel Jesus parecia assustado e perdeu duas excelentes chances.

Em ritmo muito mais intenso que o adversário, o Fluminense abriu o placar aos 28 minutos. Fred, sem nenhuma marcação, cabeceou após cobrança de escanteio, Prass fez grande defesa e, no rebote, Marcos Junior mandou para as redes. O gol não fez efeito para nenhuma das equipes. Os cariocas tocavam a bola com organização e explorando os buracos da defesa alviverde, que acabou entregando mais um gol de bandeja.

Aos 41, falta pela esquerda, Gustavo Scarpa apareceu livre na área e chutou rasteiro. Gum deu um leve desvio e ampliou a vantagem. A euforia pela vantagem no placar logo dividiu as atenções com a preocupação. Nos minutos finais, Fred sofreu uma entorse no joelho e no tornozelo esquerdo e teve que deixar o campo.

No intervalo, o técnico palmeirense fez algo que se tornou corriqueiro. Mexeu no time para tentar corrigir os erros da escalação inicial. Tirou Victor Ramos e Andrei e colocou Jackson e Egídio para tentar, mais uma vez, dar segurança à defesa e opção na criação, com Zé Roberto sendo deslocado para o meio.

A mudança surtiu efeito, pelo menos para amenizar o prejuízo. O Palmeiras voltou mais equilibrado, colocou a bola no chão e passou a ter as rédeas da partida. Até que, aos 15, Barrios tocou para Zé Roberto, que trombou com Gum e caiu na área. O próprio meia palmeirense cobrou o pênalti e diminuiu a vantagem dos cariocas no placar.

Sem Fred, o Fluminense parecia ter perdido todo seu ímpeto para atacar e o Palmeiras deu a impressão de que estava satisfeito com a derrota pela vantagem mínima. Foto e fonte: Agência Futebol Interior do Estado e São Paulo

Visitas

Ver quantos acessos teve os artigos
1787174

banner tuboparts